Google+ Vídeos on-line, rumo a nova Tv. ← Rcastro Comunicação e Design Digital

Vídeos on-line, rumo a nova Tv. 1

Alguém já teve a experiência de acessar seu Facebook, Twitter ou Picasa pela tela de Led ou Lcd de seu ‘Televisor’? Inicialmente não é uma experiência muito boa, a usuabilidade dos apps ainda deixam a desejar. Mas, estamos vivendo uma completa inversão de interatividade. A forma como passamos o tempo em nossas casas, sentado no sofá em frente a telinha de 52′ polegadas, mudará nosso perfil como consumidores. E olha que ouvimos muito que a TV iria acabar……

Twitter na Tv

Twitter na Tv

De acordo com gerente de Smart TVs da LG, Milton Neto, de cada cinco aparelhos vendidos, um permitirá acessar a internet. Nos próximos cinco anos, as vendas mundiais de TVs inteligentes – também conhecidas como Smart TVs – devem crescer cerca 35%, de acordo com uma pesquisa feita pela empresa americana de análise de mercado In-Stat. A companhia aponta que os consumidores passarão a exigir cada vez mais equipamentos conectados à internet, além da opção de oferecer aplicativos próprios – como os vistos em smartphones e tablets. E a guerra para sair na frente já começou, até o Google já lançou a ‘GOOGLE TV’, e a Samsung prometeu lançar uma Smart Tv em parceria.
Assistir seus programas preferidos, acessar sua rede social, curtir programas e compartilhar vídeos já esta tudo no controle remoto.
O fato é que já vivemos uma realidade à se aproveitar. Duvida?

Progresso e Tendência
1 – O YouTube em 6 meses pós seu lançamento, reuniu mais vídeos em duração do que todas as grandes emissoras de TVS americanas demoraram 60 anos para reunir. (Google Inc)
2 – 100 milhões de pessoas assistem vídeos no YouTube todos os dias. (Google Inc)
3 – Vídeos alcançam 68% dos internautas Brasileiros, que gastam 59 min por dia vendo vídeos. (Ibope Nielsen 27/05)
4 – Brasileiros são a segunda maior audiência no YouTube.(Agência click)
5 – Até 2014 serão investidos U$ 2 Bilhões em Vídeo Advertising. (eMarketer – dez/2010)

Estes avanços tornam possível distinguir o nível de atenção dos internautas e escolher a ação de publicidade certa para veicular em seu vídeo.

Infelizmente no Brasil, como também em alguns países da América Latina, o grande problema para penetração e fidelização de mais usuários para esta realidade é a fatídica Banda-Larga, que frustram ações importantes da NetMovies, NetFlix e afins. Porém, vídeos de notícias tem gerado grande tráfego em alguns portais como a Globo Vídeos por exemplo, que teve um crescimento de 58%, e as outras redes não querem ficar para trás, pois já é de conhecimento que a Rede Record, SBT e Rede Tv já estão no mercado de vídeos on-demand.

É hora de entendermos este novo modelo de negócios, pois esta ‘Intertv”, “TeleviNet”, ou seja lá como vamos chamar isso, já nos trás novas necessidades e possibilidades de negócios, bem como novas formas de propagar anúncios. O engajamento com o consumidor será ainda mais fácil, e o social será ainda mais preciso, imagina você conseguir mensurar quantas pessoas estão vendo aquele comercial naquele exato momento, ou melhor, quantos de seus amigos curtiram aquele produto, programa ou marca, tudo na sua tv?

O Futuro já chegou….

One comment on “Vídeos on-line, rumo a nova Tv.

Deixe um comentário